[Resenha] 8 segundos - Camila Moreira - Quatro Estações | Amor, Autoconhecimento e Estilo de vida

[Resenha] 8 segundos - Camila Moreira

02 novembro 2015comente

Nós dois fomos salvos por esse amor que nasceu inesperadamente. Contrariando a tudo e a todos, juntamos o melhor dos dois mundos e fizemos dele o nosso mundo. Meu e seu.


Esse não é o primeiro livro da Camila Moreira, mas é o primeiro livro dela que leio. Um livro nacional cuja história se passa aqui mesmo no Brasil. O romance inesperado de um "caipira idiota" com uma "patricinha mimada", uma história de superação, brigas e reviravoltas, mas também muito divertido. Confere a resenha.




Um amor forte que ultrapassa barreiras, supera problemas familiares, supera diferenças e enfatiza o dom do perdão, além de mostrar que errar puramente humano.


Título: 8 segundos

Autora: Camila Moreira

Gênero: Romance Comtemporâneo

Editora: Suma de Letras

Páginas: 280

Classificação: 3/5

Pietra Alcântara, uma patricinha da cidade grande que sempre teve tudo o que quis. Mas não totalmente satisfeita, agora sua meta é ter um apartamento em Paris, mas isso não vai ser tão fácil como ela pensa. Ela terá que passar trinta dias na fazenda de sua família, em um acordo que fez com seu pai, para assim ganhar o apartamento.


Chegando na fazenda, ela encontra um dos empregados e solicita, quer dizer, ordena para que ele carregue suas malas e leve para a casa principal. Logo ela se encanta por Lucas, um peão que tem como paixão os animais, o campo e o rodeio, mas que não se deixa levar pelos lindos olhos verdes dela.

Lucas é o veterinário da fazenda, um caubói indomável que é muito bem sucedido com a mulherada, mas tem um laço forte com sua prima Mariana, já que foram criados como irmãos e um respeito forte pelo seu tio Santiago.

Lucas e Pietra vivem em pé de guerra, mas a atração desses dois  cresce tanto que chega a ser palpável. Eles se envolvem em um relacionamento puramente carnal, mas que com um acontecimento inesperado, eles descobrem que o que sentem é muito mais que isso. Coisas do passado surgem a tona o que abala totalmente a relação do casal.



Pontos positivos:

 alguns pontos do livro são altamente positivos.

A superficialidade de Pietra no começo da história e a marra do Lucas foram muito bem solidificadas. Como também o amadurecimento dos personagens principais, a aceitação das diferenças sociais e mais que isso, uma grande superação acontece no desenrolar da história. Assim como os laços familiares são firmados.

A narração alterna entre os protagonistas e eu amo isso, pois dá um maior envolvimento com os personagens e dá para entender os dois lados. Mesmo repleta de clichês, a briga deles e as coisas que um faz para infernizar a vida do outro são hilários.

A mudança dos personagens no decorrer da história também é uma grande lição de vida


Pontos Negativos: 

Já outros pontos, foram negativos por serem abordados com frequência, porém, sem importância alguma para a história crescer. Sem dar spoilers, mas no caso da sonda, achei desnecessário ficar colocando tanto isso na história. Não agregou em nada usar dessa cena repetidas vezes.

Outro ponto negativo são os palavrões usado nas cenas eróticas. No começo, em se tratando de uma relação carnal é aceitável, mas em uma reconciliação, ficou estranho. Já li vários livros que são assim, então isso não é novidade (em todos os livros da Abbi Glines você se depara com diversos palavrões). Eu prefiro quando a autora não usa, mas...

A história muda da água para o vinho. No começo está bem dinâmico e é bem legal, no meio dá uma esfriada (me desanimei um pouco aqui) e são abordados os dramas pessoais e no final correu com a história, o que me deixou um pouco decepcionada.

Algumas cenas, mesmo antes  da cena principal desenrolar, são muito previsíveis.


Mesmo cheio de clichês é um bom livro e recomendo.