Onde criar meu site, blog ou loja virtual? - Quatro Estações

Onde criar meu site, blog ou loja virtual?

10 agosto 2015comente

Escolhendo a plataforma para você quer criar um site ou um blog. Confira as dicas!




Uma das perguntas diárias que recebo através de e-mails de leitores é: Onde criar meu blog? Então, resolvi fazer um post, falando da minha experiência e dos sites que eu já conheço. Lembrando, pra você que quer criar um blog, dou dicas aqui de "Por onde começar".

Se você já decidiu mesmo criar um blog, escolheu o nome e o tema, agora é hora de escolher a plataforma. E é sobre isso que venho aqui explicar no post de hoje.

Me perdoem, pois o artigo ficou um pouco longo, mas foi necessário. Coloquei algumas partes resumidas pra facilitar.


Criar um blog ou site


 Blogspot/Blogger

Eu amo :) essa plataforma para criação de sites e blogs. Mesmo sendo um pouco mais limitado que o Wordpress.org, é uma das mais usadas pelos blogueiros e até por algumas lojas virtuais.

É gratuita, tem várias opções de layouts/templates pela internet, disponibilizados por outros blogs, inclusive aqui,  e tem opção de colocar domínio próprio, ou não. Além disso, você pode criar 100 blogs com uma única conta.

Por dois anos, meu blog ficou hospedado pelo blogger. Eu mesmo fazia o meu layout (com tutoriais encontrados pela internet). Pra quem não sabe, o blogspot é uma plataforma de hospedagem gratuita do Google. Então, pra você criar um, basta apenas ter uma conta no gmail. Então, pra criar seu blog no blogspot, acessa aqui.

Resumindo:

  • é gratuito e sem custos

  • pronto para usar

  • praticidade

  • não precisa comprar domínio próprio

  • hospedado pelo Google

  • várias opções de layouts/templates pela internet e grátis

  • opção de domínio próprio (redirecionado)

  • é integrado ao google adsense (monetização do blog para ganhar dinheiro)

  • oferece estatísticas de tráfego

  • há muitos tutoriais para o blogger, oferecido por outros blogs

  • não precisa fazer backup

  • posts separados por categorias (mas não por tags)

  • pode criar até 20 páginas estáticas

  • não permite hospedar qualquer tipo de arquivo (tem que utilizar o google docs, por exemplo)

  • não aceita plugins

  • não permite edição de comentários, só moderação

  • permite códigos javascript



Wordpress




Existe dois tipos de wordpress: o wordpress.com e o wordpress.org. Há uma diferença muito grande entre os dois servidores, ou seja, mesmo que eles possuam o mesmo nome, não quer dizer que sejam iguais. O wordpress.com é mas limitado e não possui tantos recursos, mas você conta com a hospedagem gratuita. Ao criar seu blog pelo wordpress.com, ele ficará com o subsomínio, tais como www.seublog.wordpress.com, assim como se você criou um blog pelo blogspot e ele ficou www.seublog.blogspot.com.br e ele é ainda mais limitado que o blogger. Por exemplo: pra você usar um domínio próprio no wordpress.com, você tem que pagar uma taxa (só aceita cartões com bandeira internacional) para liberar o serviço pra você. Para entender mais sobre a diferença entre os dois, leia este post aqui.

Há um ano, fiz a migração do blogger para o wordpress (contei neste post aqui) e estou amando. Gente, é sério... não tem limites e possui recursos infinitos. Ele é demais e recomendo muito, pra você que quer deixar seu blog independente (do google, por exemplo) e só seu, com cara de mais profissional.

Leia aqui neste artigo do blog Escola Wordpress os vários motivos porque amo o wordpress e porque fiz a migração.



Resumindo Wordpress.com:

  • gratuito e sem custos

  • praticidade

  • não requer instalação

  • atualização automática

  • banco de dados ilimitado

  • não exige conhecimento técnico em html

  • personalização limitada

  • não permite adicionar recursos

  • domínio próprio disponível, mas tem que pagar taxa extra para liberação

  • não permite propagandas, ou seja, se você quer monetizar seu blog para ganhar dinheiro com o google adsense, não vai rolar.

  • não roda plugins

  • não permite editar código fonte (html)

  • poucos temas gratuitos para layout/template

  • dificilmente fica fora do ar

  • não é possível personalizar link permanente (ex: seublog.wordpress.com/nomedopost)

  • não permite nenhum código javascript




Resumindo Wordpress.org:

  • necessita de hospedagem paga (tem planos grátis ou a partir de 15 reais mensais)

  • requer instalação do wordpress

  • pronto para usar

  • praticidade (postar e etc... em 5 minutos, você já viu onde fica tudo)

  • plataforma de código aberto, ou seja, totalmente personalizado...  ilimitado... pode fazer o layout do jeito que você quiser, com vários recursos programados, plugins...

  • permite instalação de plugins

  • permite propagandas para monetização (ex: google adsense)

  • atualização automática

  • edição de comentários e moderação

  • páginas estáticas ilimitadas

  • além da criação das categorias, pode-se incluir tags

  • otimização para motores de busca (seo)

  • necessita de plugins anti-spam e para fazer backup

  • plataforma de evolução rápida

  • plataforma mais profissional

  • permite códigos javascript

  • oferece estatísticas

  • há muitos tutoriais oferecidos por metablogs

  • muitos temas gratuitos




Blogger ou Wordpress?

Olha, sinceramente, vocês já sabem a minha opinião. Amo o wordpress.org. Agora o blog é meu, é independente.  A única coisa que me empatou um pouco foi o layout. Com algumas horas mexendo aqui e ali, já aprendi onde ficava tudo (gadgets, nova postagem, adicionar imagem, etc). No blogger, eu mesma fazia meus layouts e quando migrei para o wordpress, empaquei, pois não entendia nada de php e o html totalmente diferente. Então precisei de serviços de terceiros para personalização do layout, que é este que vocês estão vendo agora. E claro, a cara do blog ficou muito melhor.

Também tem um site chamado Wix, mas não sei nada sobre ele, só sei que muitos blogueiros o usam.

.


Criar loja virtual


Se você quer criar um site de vendas, uma loja virtual online, poderá usar várias plataformas e uma delas, gratuita.

Loja 2


Se você quer criar uma loja virtual, mas não quer ter despesas mensais, pode criar no site Loja 2 aqui. Mesmo gratuito, ele oferece opção com pagamento de cartão de crédito, somente tendo uma conta vendedor no pagseguro ou no paypal. Você poderá criar sua loja virtual com produtos ilimitados. Já utilizei e recomendo, vendas sem custo mensal. Uma loja virtual totalmente gratuita.

Os recursos para personalização de layout é limitadíssimo. Permite-se cadastro de clientes e utilização de domínio próprio com pagamento de mensalidade, mas é super barato. Também não envia e-mails automáticos.

Iluria


O Iluria é uma plataforma para o e-commerce. É uma ótima plataforma na qual também já utilizei, mas exige mensalidade. Pode-se experimentar por 15 dias. Recursos ilimitados, mesmo para o layout. Hospedagem inclusa e não precisa pagar taxa para utilizar seu domínio próprio. Mas a mensalidade muda, conforme a quantidade de produtos. É excelente e atendimento nota 10.

Loja Virtual


A Loja Virtual também é uma plataforma para e-commerce com infinidades de possibilidade. Já utilizei e eu mesma personalizei. Também permite fazer um teste e tem tudo o que o Iluria tem, exceto, pela personalização limitada de layout.



Lembrando, em nenhuma dessas lojas é cobrada comissão pelas vendas e todas hospedagem inclusa no preço da mensalidade.


Dica: pesquise, mas pesquise muito bem, pois tem sites que se aproveitam da inocência da pessoa e enfiam a faca, literalmente. Converse com amigos e antes de contratar um serviço entre em contato com quem já usa e peça a opinião. A paciência leva ao sucesso. Por exemplo: não é porque você comprou um domínio próprio no uol host que tem que criar um site com eles, entende. São serviços separados.



Eu, por exemplo. Uso o E-consulters (indicado pela Melina Souza aqui) somente para hospedagem e comprei meu domínio no uol host. O E-consulters também oferece a opção de vender um domínio. Mas, como eu disse, você pesquisa bem e acaba com aquilo que te convém mais.

Boa sorte!



E pra você que já criou, nos conte sua experiência e se seu site não foi citado aqui, deixe nos comentários como dica.