Resenha do livro Proibido de Tabitha Suzuma - Quatro Estações

Resenha do livro Proibido de Tabitha Suzuma

12 janeiro 2015comente

Um livro polêmico, avassalador e devastador em sua essência!!! Realmente perturbador e intrigante



Confesso que li este livro mais por curiosidade ao tema que ele aborda. Comprei por indicação da Pah, blogueira do blog Livros e Fuxicos, que disse que é um dos favoritos dela e demonstrou muita paixão por essa história.

O livro é polêmico em sua história. Simplesmente diz que é "tabu" por hoje poder tudo, mas para mim que sou evangélica é pecado, está escrito em Levítico 20:17. Mas mesmo assim, li o livro com a mente bem aberta e sem julgamentos, e conforme a história acontece, você realmente fica dividido, já não acha mais tão errado assim, mesmo sabendo que é proibido, e como pergunta reflexiva o livro traz "Como uma coisa errada pode parecer tão certa?"



Título: Proibido

Autora: Tabitha Suzuma

Gênero: Romance

Editora: Valentina

Páginas: 303

Classificação: 4/5

Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis.

Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.

Eles são irmão e irmã. (booommmm rs)

Mas será que o mundo receberá de braços abertos aqueles que ousaram violar um de seus mais arraigados tabus? E você, receberia?









Minha opinião: 



Como vocês leram na sinopse, aposto que ficaram curiosos também, assim como eu fiquei e comprei e li o livro. Começando pela parte física, o livro é todo lindo, capa, ilustrações assim como está nas fotos. Páginas amareladas, ótima fonte/espaçamento/margem.

A narrativa do livro e os capítulos foi a primeira coisa que realmente me impressionou: sempre leio livros com narrador em primeira pessoa ou em terceira pessoa. Esse livro traz a narração em primeira pessoa, mas a minha grande surpresa foi que, um capítulo é narrado por Lochan (ele) e outro por Maya (ela), e assim vão se intercalando. Você sabe tantos dos pensamentos/sentimentos/medos dela quanto dele. Adorei isso. Talvez seja exatamente isso que te faz aceitar o romance. Quando ele acontece, não parece errado, acredita?! Muito envolvente esse livro, essa história, nunca li nada parecido, nem em história e nem em narração.

A escrita de Proibido é de forma poética, me confundi várias vezes. Quando eu estava lendo um trecho, achei que era em sentido figurado, mas era real e estava mesmo acontecendo. Não sou boa com escritas assim, mas mesmo desse jeito a escrita flui bem e dá pra entender.

Sobre a história ... admiro a luta deles para manter a família unida, o amor fraternal, apesar de tudo que irá acontecer, isso é muito forte entre os cinco irmãos, abandonados pelo pai e depois pela "merdinha"de mãe deles, fala sério, que raiva dessa mulher! Muitos e muitos problemas, principalmente familiares. E além desses, há o problema de relacionamento social, dramas, problemas psicológicos.

Em Proibido, tudo acontece e você vai percebendo que o que eles sentem, é mais do que um simples amor fraternal. Sempre foram mais amigos do que irmãos. E quando acontece, você simplesmente aceita, isso eu tiro o meu chapéu para a autora, como ela consegue isso??? Como ela consegue fazer você ficar torcendo para dar certo mesmo sendo errado??? Incrível. A todo momento, depois que o romance engrena, você fica entre a cruz e a espada, com medo por eles de que alguém veja, de que alguém dê flagrante em uma coisa tão proibida.

Proibido é um dos livros mais fortes que já li na vida, que me deixou completamente sem chão. A autora soube abordar o tema Incesto de forma a nos fazer refletir, a cada parágrafo nos questionamos se era certo ou se era errado, e isso é o tempo todo. Uma história que realmente nos envolve e nos comove.



Quotes: 

Eu me sinto como se estivesse numa ladeira escorregadia, e não tivesse escolha senão despencar. - Lochan

Depois que você dá o primeiro passo, o segundo é muito mais fácil. -Maya

Juntos ficávamos a salvo - à margem, mas a salvo - do mundo exterior... - Lochan

Fecho os olhos e sinto a loucura se enrolar pela coluna e rastejar para o cérebro. - Lochan

Viro a cabeça no instante em que seu rosto encontra o meu, e o beijo pousa na minha face. - Maya

Aonde ela pode nos levar é apavorante e fantástico demais para pensar a respeito. - Lochan

Um deslize, e a família inteira poderia desmoronar como um castelo de cartas. - Maya

Até a menor mancada poderia nos entregar... - Maya

Como explicar essa situação, o amor que sentimos um pelo outro - tudo que aos olhos da sociedade pode parecer doentio, pervertido e repulsivo -, para nós é totalmente natural, maravilhoso e... tão certo? - Maya

Mas, nesse caso, por que é tão terrível assim que eu fique com a mulher que tanto amo? - Lochan

Não há leis e nem limites para os sentimentos. - Lochan




Até agora não sei se gostei ou não de Proibido, super dividida, apenas RECOMENDO. Um livro perturbador. Uma leitura que te faz ter tantos sentimentos contrários e querer um final diferente. Se alguém já leu (não conte o livro nos comentários, sem spoilers hein?!). E se não leu, comente também, se está curioso pela temática do livro.

Onde comprar o livro: Americanas / Submarino