Sou louco por você - Tengo ganas de ti - Quatro Estações

Sou louco por você - Tengo ganas de ti

26 setembro 2014comente

[Dica de Filme] Continuação de Paixão sem limites - 3 MSC


Quem assistiu ao primeiro filme Paixão sem limites - 3MSC (Tres metros sobre el cielo) não gostou muito do final do filme e com certeza vai querer assistir este com a esperança de ver Babi e H juntos novamente.

Título Original: Tengo ganas de ti
Traduzido: Sou louco por você
Gênero: Romance
Ano de Lançamento: 2012
Duração: 2h 9 minutos
Direção: Fernando G. Molina



O segundo filme conta com a participação da atriz Clara Lago que vive Gin, uma garota que não tem que dar satisfação do que faz a ninguém, espontânea e vibrante, se faz de durona, mas é frágil e doce.


Hache volta a Barcelona depois de dois anos em Londres, tentando esquecer Babi e cicatrizar a ferida de seu primeiro amor e também a morte de seu melhor amigo Pollo.

Ao retornar, ele reencontra Katina, ex-namorada de seu melhor amigo, que também se distanciou de Babi. Hache está mais calmo, mais maduro, pensando melhor na vida e nos últimos acontecimentos. Em umas das saídas de Hache, ele conhece Gin de uma maneira bem inusitada, se interessa por ela e começam a sair.

Gin é uma garota com um nome engraçado, uma garota que não tem que dar satisfação do que faz a ninguém, espontânea e vibrante, se faz de durona, mas é frágil e doce. Gin completa H, ela é totalmente diferente de Babi. 

Gin e Hache começam a se conhecer e o relacionamento flui intensamente, com diversas cenas pra lá de calientes, apesar de ele ainda pensar muito no passado, ele se dá uma chance de recomeçar.



Por sua vez, Babi está noiva e vai se casar, e também teme um reencontro com H e tem dúvidas se ainda o ama. Há impedimentos, um possível reencontro entre os dois, o que o deixa confuso em decidir com quem ele quer ficar. Mas quando você é louco por alguém, o coração que decide.

Bora ver o trailer e conferir o segundo filme!


Meus comentários a respeito dos dois filmes, inclusive porque muita gente não gostou do final do primeiro (veja aqui) e detestou o segundo...
Se você não assistiu nenhum dos dois filmes, leia não...

Entendendo 3MSC e Tengo ganas de ti...

Porque exatamente muita gente não gostou do primeiro: ele não fica com a Babi. Eles eram muito diferentes e ela simplesmente não quis lutar contra tudo e contra todos por ele, mas ele estava disposto a mudar por ela. Cada um seguiu sua vida, mas sempre atormentado pelo passado.
No segundo filme, muita gente detestou... a primeira vez que assisti, também detestei, mas assistindo pela segunda vez, pude entender melhor o filme.

Pra começar... o passado simplesmente passa. Não pode parar a vida, se esquecer do presente, não planejar o futuro e ficar vivendo de passado, que não pode mais voltar. Uma pergunta que te faço: você ainda está com seu primeiro namorado(a)? O primeiro sempre marca e marcou Babi e Hache. Mas passou... o que muita gente quer e que ele fique com a primeira namorada. Não deu certo não deu, bola pra frente que a vida continua. 

O segundo filme mostra o amadurecimento deles e o que aconteceu depois de toda aquela turbulência vivida pelos personagens. O filme está mais caliente, o H não anda mais em bando, perdoa a mãe e muitas outras coisas acontecem. E Babi, foi uma boba por não lutar por ele, mas ela fez o que achava certo, mesmo podendo estar errada. O reencontro dos dois não teve nenhuma emoção (apesar daquilo), muita coisa mudou e não é como da primeira vez... 

O que muita gente quer é que seja perfeito e não entende que tem pessoas na nossa vida que veem e passam, e outras que vem pra ficar. Babi e H passaram, e Gin veio pra ficar. E olha que legal... a história começa com a Gin lá no Paixão sem limites, na verdade já tem a Gin, mas ela não aparece, literalmente falando... na verdade Babi foi um amadurecimento pra H, porque na vida dele, sempre foi a Gin, desde o começo de tudo... bem antes do começo.

Pra quem não sabe, esses filmes foram baseados nos livros de Fernando Moccia (leia resenhas aqui). Diz-se que tem um terceiro em vista, vamos esperar!