Dia da consciência negra, branca, parda, albina ... - Quatro Estações

Dia da consciência negra, branca, parda, albina ...

20 novembro 2013comente
Foto: Reprodução

Não tenho muito costume de postar em datas comemorativas, como muito de vocês percebem. Mas hoje é um dia em que serve para refletirmos a conquista do Zumbi, o grande líder do quilombo dos Palmares, respeitado herói da resistência antiescravagista*.

Hoje é um dia em que se é dedicado a reflexão da inserção do negro na sociedade como ser humano, e não como escravo. A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695. A lei 10.639, de 9 de janeiro de 2003, incluiu o dia 20 de novembro no calendário escolar, data em que comemoramos o Dia Nacional da Consciência Negra. 

A mesma lei também tornou obrigatório o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira. Nas escolas as aulas sobre os temas: História da África e dos africanos, luta dos negros no Brasil, cultura negra brasileira e o negro na formação da sociedade nacional, propiciarão o resgate das contribuições dos povos negros nas áreas social, econômica e política ao longo da história do país.*.

Zumbi, líder do quilombo dos Palmares

Outros temas debatidos pela comunidade negra e que ganham evidência neste dia são: inserção do negro no mercado de trabalho, cotas universitárias, se há discriminação por parte da polícia, identificação de etnias, moda e beleza negra, etc.

No começo eu pensava que se comemorar esta data estaria sendo mais uma forma de discriminação oculta, assim como as Cotas nas Universidades para pessoas negras e pardas, que na minha opinião, é uma discriminação racial sim, e bem explícita na cara da população. Por acaso todos os brancos nascem ricos e os negros, pardos [...] pobres? Não, acho que não né?! 

Agora vejo o quão importante é esse dia. É dia de relembrar igualdade racial, pois ainda tem gente que só porque é branco se sente no direito de julgar os outros, como aconteceu com minha amiga Simone Bastos[...].

O que acontece é que as vezes, pessoas de várias etnias, se sentem inferiorizados aos demais. Pessoas de baixa renda, ou simplesmente por serem nordestinos ou outro que seja, também sofrem discriminação. Até os evangélicos sofrem discriminação. Poderia ter data comemorativa para isso também, não é?!

Algumas pessoas ainda, falam que os negros tem preconceito com eles mesmos, quando não aceitam o cabelo que tem e querem alisar. Os brancos também não fazem isso? Então por que criticar só os negros? É natural do ser humano em geral querer mudar a cor do cabelo, o tipo do cabelo, assim como ficar mais magro ou engordar. 

Outra coisa...vejo várias pessoas compartilhando mensagens "se você não é racista, compartilhe!"... não vejo necessidade de ficar se superiorizando e compartilhando isso pra dizer ao mundo todo que você não é! Porque as palavras o vento leva, o que fica de verdade, são as atitudes. Assim como compartilham se amam a Deus ou não. Não compartilho esse tipo de mensagem, pois palavras são ditas o tempo todo, quero ver as atitudes. Precisamos nos conscientizar não somente neste tipo de discriminação, mas também dos pardos, albinos e tantos outros...precisamos mesmo, é ter dia de consciência humana!

Sinceramente, não consigo, não consigo mesmo ver diferença só por causa da cor da pele. A única diferença que consigo ver entre as pessoas é o caráter, nada mais.



* Dados: Brasil Escola