"Chance ao nosso amor" (acróstico) - Quatro Estações | Amor, Autoconhecimento e Estilo de vida

"Chance ao nosso amor" (acróstico)

28 outubro 2013comente
Foto: Reprodução

Desculpe se eu tento

Insistir, mas está ruim pra disfarçar meu amor, somos
Eternamente escravos dos nossos corações e isso está em cada
Gesto, então, deixa eu ficar do seu lado e de vagarinho te
Ouvir dizer que ainda vai ter uma chance desse romance acontecer.



Há ainda muito o que aprender. Em teus olhos
Eu me vejo, me encontro com teu sorriso; você costumava me cativar.
No teu corpo estão meus desejos e em tua alma meus sentidos.
Realmente o amor que nasce no peito é misto de gozo e dor,
Inunda o coração.
Querido, você é meu amigo e muito mais o meu amante.
Um olhar..foi assim o nosso primeiro encontro!
Eu vou tentando te esquecer, mas não consigo, não tem jeito,


É coisa de pele, é o fogo da paixão, porque nossos



Destinos estão traçados! Queria que você soubesse que eu
Amo a forma como você sorri e
Não me sinto bem quando você desaparece; sei que
Isso me deixa quebrada, pois sua presença continua
Em toda parte que eu vou. Tentei muito
Lhe dizer o quanto te amo e esse amor desde a adolescência,
Ainda está cravado em mim, pois esses possuem raízes profundas.


Confesso..eu te amo além da vida ou da morte, além da minha
Razão ou da minha insanidade.
Isso eu confio e acredito: não tema em fazer o que
Seus pensamentos lhe mandam, pode ser que
Tais ordens vão contra seus sentimentos, mas
Isto significa uma escolha, um risco.
Nos teus olhos posso ver que ainda lembra de nós dois.
A gente se enganou pensando que era fácil, mas nunca é tarde pra voltar atrás:
 QUER CASAR COMIGO?



autora: Daniela Cristina Caires
14/01/2006.