"A dor da Saudade" - Quatro Estações

"A dor da Saudade"

06 outubro 2013comente
Foto: Reprodução

Incrivelmente sinto uma dor, uma dor muito forte, que se aproxima quando você está distante. 

Começo a lembrar nos momentos que nós passamos juntos, em seus abraços, em seus toques de carícias, em seus beijos...

Lentamente, meu coração bate ligeiro, percebo que a dor começa a apertar, fecho meus olhos...

De repente, as lágrimas caem, correndo por todo o rosto, e a dor já fica insuportável. Digo com certeza que, não posso viver sem você, que é a minha alma gêmea, a minha cara metade...

Suspiro profundamente, sinto depressões e uma voz soa dentro de mim e o desespero já toma conta do meu ser...e assim não posso mais conter-me; e a vontade de ver-te se torna irresistível e se transforma, como se fosse uma magia e penso "se a vida fosse como nós quiséssemos, queria que estivesse ao meu lado de segundo a segundo, a todo o momento, a todo o instante...".

As lembranças que o pensamento invadem, invadem também o coração e meu corpo se arrepia todo só em pensar.

... e começo a olhar o seu retrato, a dor fica mais profunda e o desejo de te ver fica ainda mais forte; respiro mais intensamente e aos poucos já não consigo mais segurar-me, e a cada momento fico mais impulsiva e a dor me domina, já não conseguindo mais resistir à você...

E só irá passar esta dor, doce dor, quando meus olhos contemplarem você diante de mim e meu corpo poder estar em teus braços... logo descubro que és inesquecível em mim, que é a pessoa ideal para amar e sempre estará preso em meus olhos.

Foi tentando me afastar, foi negando o meu amor, foi por não querer amar que eu te amei! Descubro também, que esta dor é a saudade, e a minha saudade...
...é você!


Autora: Danny Toledo

06/07/2000 ás 20:15 hs